Buscar

Aroma e sabor do café dependem de compostos químicos



Você sabia que além da cafeína, o aroma e o sabor do café pode depender de outros compostos químicos presentes por toda a planta e não apenas no grão? Um grupo de pesquisadores do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), em colaboração com as universidades Estadual de Londrina (UEL), do Oeste Paulista (Unoeste) e da Estadual Paulista (Unesp), além da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Café) e do Centre de Coopération Internationale en Recherche Agronomique Pour le Développement (Cirad), da França, mediu as concentrações de compostos químicos nas folhas, raízes, flores e frutos de uma variedade de café arábica.

Concluiu-se que o caveol e cafestol, presentes em grandes concentrações no cafeeiro, são responsáveis por atribuir ao café o sabor da menta e o aroma do sândalo. Além disso, esses compostos possuem propriedades antioxidantes e, por isso, são usados em larga escala pela indústria cosmética.

Fonte: Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC)

#estudos #bebida #benefícios #café

CONTATOS:

© 2020 ICATRIL - INDÚSTRIA DE CAFÉ DO TRIÂNGULO LTDA. Todos os Direitos Reservados.